JANAÚBA - MINAS GERAIS

SITE COM NOTÍCIAS DE JANAÚBA E DOS DEMAIS MUNICÍPIOS DA REGIÃO DA SERRA GERAL, NO NORTE DE MINAS.

DATA

Pesquisar este blog

INFORME

INFORME PUBLICITÁRIO

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

SEM O REPASSE DE R$ 1,18 MILHÃO DO GOVERNO ESTADUAL E MAIS R$ 331 MIL DA PREFEITURA DE JANAÚBA, HOSPITAL REGIONAL ESTÁ COM DÍVIDA, TEM O ATENDIMENTO COMPROMETIDO E CORTA A ALIMENTAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS

  • Com dívida de R$ 1,8 milhão, Hospital Regional tem a receber R$ 1,5 milhão do Estado e da Prefeitura
  • Com salários atrasados, hospital tem dificuldade para fechar escala de plantão médico; fornecedores estão há três meses sem receber 
  • Além de perder a refeição no hospital a partir de sexta-feira, 1º de fevereiro, funcionários do Regional não receberam o 13º salário 
  • Diretoria suspende a contratação de novos profissionais, mesmo que haja a demissão de servidores 
  • A partir do dia 1º de fevereiro haverá a suspensão da aplicação de medicação em pacientes do protocolo de classificação de risco branco, azul e verde 
  • Faltam medicamentos e insumos essenciais à manutenção da vida 
  • Campanha “Ajude o Regional” começará em 11 de março: doação de gêneros alimentícios, colchões e enxoval hospitalar 

Foto Oliveira Júnior
Hospital Regional de Janaúba adota medidas diante da crise financeira.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A partir da próxima sexta-feira, dia 1º de fevereiro, o Hospital Regional de Janaúba estará adotando o plano de contingência o qual prevê medidas que afetará diretamente os funcionários e pacientes dessa unidade de assistência médica. O Regional passa por um colapso financeiro, começa a perder a credibilidade entre os fornecedores e não consegue manter em dia os salários dos profissionais que prestam serviço nesse hospital. O mais intrigante é que o Hospital Regional tem a receber mais de R$ 1,5 milhão do Governo do Estado e da Prefeitura de Janaúba.
“Chegou-se a um ponto insustentável”, menciona a diretoria do Regional em ofício encaminhado ao prefeito de Janaúba, Carlos Isaildon Mendes; ao secretário municipal de Saúde, Renato Kimas Pereira Lima (que também é presidente da Fundação Hospitalar de Janaúba, mantenedora do hospital); ao presidente do Conselho Municipal de Saúde, Ney Marques de Melo; e ao Promotor de Justiça Nielsen de Aguiar Rocha.
No ofício com data de 25 de janeiro, o diretor geral do Hospital Regional, Bruno Atayde Santos, relata que é iminente o risco de desassistência à população pelo fato de que tem sido dificultoso o fechamento da escala de plantão médico. Isso ocorre, segundo o diretor geral, por causa da falta de repasse de recursos para o hospital cumprir com as suas obrigações. Neste mês de janeiro a diretoria quita parte do pagamento referente aos plantões médicos realizados em outubro do ano passado.
Diante dos recorrentes atrasos de repasses estaduais e falta de recursos municipais o atendimento da urgência e emergência está gravemente comprometido, menciona o diretor geral Bruno Atayde e os diretores Ricardo Mendes (Ambulatorial), Lilian Gonçalves (Administrativo) e André Silveira (Clínico) no ofício.
De acordo com a diretoria, nos últimos três meses – novembro e dezembro de 2018 e janeiro, até o dia 25 – não houve nenhum repasse de recursos por parte do município, enquanto que a União tem feito o repasse devido e o Estado, parcialmente. Nesse período, o Hospital Regional acumula uma dívida de quase R$ 2 milhões – exatos, R$ 1.801.404,11.
De novembro de 2018 até o dia 25 de janeiro deste ano o Governo Estadual e o Governo Municipal deixaram de repassar R$ 1.512.825,91 ao Hospital Regional de Janaúba. Desse montante, são R$ 1.181.350,91 referentes a receitas estaduais em atraso e R$ 331.475,00 de receitas municipais em atraso. Essa “dívida” do Estado e da prefeitura com o Regional, no montante de R$ 1,5 milhão, correspondente a 84% da dívida que o hospital janaubense acumula nesse período.
Para evitar a desassistência à população e a prestação de serviço de qualidade aos pacientes internados nas clínicas, UTI e usuários do atendimento de serviço de urgência e emergência, o Regional decidiu adotar medidas administrativas e assistenciais. Imediatamente está proibida a contratação de novos profissionais, mesmo que haja a demissão de servidores
A partir de sexta-feira, 1º de fevereiro, estará suspenso o fornecimento de alimentação para funcionários e acompanhantes de pacientes. O fornecimento será apenas para pacientes internados. Vale ressaltar que os funcionários pagam, mesmo que seja parte, pela alimentação. Não foi definida de que maneira os funcionários irão se alimentar, pois alguns moram distante do hospital e possivelmente não haveria tempo suficiente para deslocar até ir na residência e retorna ao trabalho.
Também a partir da próxima sexta-feira, dia 1º de fevereiro, no Regional de Janaúba haverá a suspensão da aplicação de medicação em pacientes do protocolo de classificação de risco branco, azul e verde, prescrevendo a medicação para os pacientes e orientando-os a procurar a farmácia do município e sua unidade de saúde de origem.
Nesse plano de contingência do Hospital Regional de Janaúba prevê para o dia 11 de março o início da campanha “Ajude o Regional” com a finalidade em obter a doação de gêneros alimentícios, descartáveis colchões e enxoval hospitalar.  

POLÍCIA INVESTIGA A MORTE DE MOÇA EM PORTEIRINHA QUE TEVE FERIMENTO COM FACA


PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Uma moça foi encontrada morta na noite desta terça-feira, dia 29 de janeiro, na cidade de Porteirinha, na região da Serra Geral de Minas. De acordo com informações da Polícia Militar, ela apresentava ferimentos na região do pescoço proveniente possivelmente de faca.
A polícia apura informações sobre esse fato.

RIACHO DOS MACHADOS CRIA PLANO DE CONTINGENCIAMENTO PARA CASO DE TRAGÉDIA COM A BARRAGEM DE RESÍDUOS


RIACHO DOS MACHADOS (por Girleno Alencar) – O Conselho Municipal de Defesa Civil de Riacho dos Machados está concluindo o Plano de Contigenciamento para o caso de tragédia com a barragem de resíduos feita pela empresa canadense LEA God, que extrai ouro dessa jazida no Norte de Minas. O chefe de Gabinete da Prefeitura, Warley Arantes Batista Nogueira, explica que este plano aponta as rotas de fugas e identifica as pessoas do município, para saber quais medidas precisam ser adotadas caso haja o rompimento da barragem. Porém, ele alerta que a barragem foi construída com tecnologia mais moderna, com forro da parte de baixo, onde a lama gerada pela extração não tem qualquer contato com o solo. Warley Arantes explica que o referido plano de contigenciamento é feito de comum acordo com o Estado, que ajuda na fiscalização.
Desde o ano de 1992 que a jazida de ouro tem sido explorada. Naquela época foi pela Vale do Rio Doce, que fez a extração superficial. Depois passou para os grupos internacionais, responsáveis pela exploração subterrânea. Atualmente a LEA God tem a licença e chegou a extrair 240 quilos de ouro por mês. Nos dados de setembro, ela gera 830 empregos na sua atividade, sendo 350 em Riacho dos Machados entre funcionários diretos e por empresas terceirizadas. São 205 empregos em Porteirinha, que tem metade da cava da jazida. Vários funcionários são de outras cidades. Tanto Riacho dos Machados como Porteirinha recebem, em média, R$90 a R$100 mil por mês, com a extração do ouro.
Na visão de Warley Arantes Batista Nogueira, são infundadas as preocupações de ambientalistas com o risco da barragem de Riacho dos Machados ter rompimento, pois afirma que agora mesmo ela passou por processo de aumentar em três metros a sua altura, assim como as chuvas ficaram escassas. Porém, ele lembra que muitos alegam que o rompimento em Riacho dos Machados poderia contaminar a Barragem do Bico da Pedra, que abastece a população de Janaúba e Nova Porteirinha, quando isso não é verdade, por causa da distância. Somente em relação a Riacho dos Machados são 23 quilômetros de distância. Da Barragem do Bico da Pedra, a distância é maior. Outro aspecto é que a água usada para extrair o ouro é reaproveitada. (Fonte: jornal gazeta Norte Mineira, edição de 29 de janeiro de 2019)

INSTITUTO PRÍSTINOS ALERTA SOBRE RISCO DE ROMPIMENTO DA BARRAGEM DE REJEITO DE MINERAÇÃO EM RIACHO DOS MACHADOS

MONTES CLAROS (por Girleno Alencar) – O Instituto Prístinos, contratado para avaliar o projeto ambiental de Riacho dos Machados, indicou que a construção da barragem de rejeitos previa sua construção em material de argila, segundo a pesquisa da professora Patrícia Morais Lima. O relatório mostra que a decisão pela impermeabilização desta barragem não foi unanimidade dos executores da obra, nem do empreendedor e sim resultado dos embates e questionamentos sobre a seguridade da barragem, que por estar em afluente do rio Gorutuba e os riscos de contaminação dos lençóis d’água e da barragem Bico da Pedra, instigou a pressão popular, impulsionando a mineradora a adotar medidas de segurança mais complexas quanto à seguridade desta barragem.
O laudo adverte ainda que a ligação entre as cavas e a barragem é feita através de tubos espessos de material plástico, onde as bombas podem ser usadas para o fluxo de material líquido da cava para a barragem e vice-versa. Os tubos estão colocados diretamente sobre o solo, aparentemente sem fixação adequada, passando próximo das estradas internas e de estruturas do empreendimento. Este sistema não é seguro, pois a tubulação fica exposta a riscos de colisão, por exemplo, com os veículos que trafegam no empreendimento. Durante as chuvas de novembro/dezembro de 2013 ocorreu uma rápida adição de volume de água na barragem, onde a cota máxima ultrapassou o limite da lona plástica espessa, e, por conseguinte, o material aquoso entrou em contato com o solo/substrato.
Essa situação obrigou a Mineradora de Riacho dos Machados a bombear água da barragem para as cavas com o objetivo de diminuir o volume de água da barragem. Este procedimento também não é seguro, pois caso ocorram chuvas intensas, a velocidade de bombeamento pode não ser capaz de assegurar o fluxo de água em direção às cavas em volume suficiente para que não haja um novo extravasamento. Outras variáveis também podem causar problemas nesse tipo de procedimento, como por exemplo, pane nas bombas, rompimento da tubulação, etc. Uma vez que a barragem está impermeabilizada e não possui vertedouro, surge uma questão fundamental: como o empreendedor pode garantir a segurança dessa estrutura frente aos riscos tanto desse procedimento, diante dos volumes pluviométricos não previstos.
As observações feitas pelo laudo Prístino demonstram irregularidades e cuidados elementares com a estrutura que compõe toda a barragem de rejeitos, evidenciando problemas técnicos que em outra ocasião poderiam passar “despercebidos” pelos responsáveis formais pela fiscalização e executores da obra. (Fonte: jornal gazeta Norte Mineira, edição de 28 de janeiro de 2019)

BARRAGEM BICO DA PEDRA, NOSSO MAIOR PATRIMÔNIO

Foto SRJ
Barragem do Bico da Pedra, em Janaúba e em Nova Porteirinha, pouco tempo depois que ocorreu o seu último transbordamento (cheia), em fevereiro de 2007.

O rompimento de duas barragens de rejeitos de mineração em Minas Gerais, em pouco mais de três anos, causando dezenas de mortes de pessoas, devastação ambiental e destruição de plantações e propriedades agrícolas, turísticas e comunitárias, mostra a fragilidade que existe nas barragens das mineradoras. Evidente que essas tragédias ocorridas em Mariana (2015) e em Brumadinho (2019) nos leva a reflexão sobre o provável risco da barragem de rejeito de mineradora nos municípios de Riacho dos Machados e Porteirinha não suportar a demanda de rejeito e o mesmo vir a ser deslocado pelos mananciais e ecossistema até atingir o rio Gorutuba e, consequentemente, o espelho d`água da barragem do Bico da Pedra que tem importância humana, social, econômica e ambiental.
Diante disso, solicitei ao deputado federal Diego Andrade a indicação de um engenheiro técnico especialista em avaliação de barragem de rejeitos de mineração para poder fazer uma avaliação, in loco (presencial), na barragem lá em Riacho dos Machados quanto a realidade da situação de armazenamento e segurança da barragem da mineradora em Riacho dos Machados e Porteirinha.
Solicitei também ao deputado federal Diego Andrade que faça gestão junto aos colegas da bancada mineira e aos deputados federais de outros estados no sentido de que adotem medidas objetivando o grau de comprometimento das mineradoras quanto à destinação correta dos rejeitos da mineração e evitando mais tragédias que tem resultado em perdas humanas e devastação da fauna e flora, além da destruição na lavoura impactando a produção de alimentos. O deputado federal Diego Andrade nos informou que já elaborou o requerimento de criação de CPI - Comissão Parlamentar de Inquérito na Câmara Federal e já está colhendo assinaturas de apoio com outros parlamentares federais, objetivando a tramitação do requerimento na próxima semana quando reassumirá o mandato na próxima sexta-feira, 1º de fevereiro, na Câmara Federal pela instalação da CPI, comissão para averiguar possíveis descasos por parte das mineradoras e também dos órgãos responsáveis pela fiscalização dessa atividade em Minas Gerais e no Brasil.
José Aparecido Mendes
Presidente Sindicato Rural de Janaúba

domingo, 27 de janeiro de 2019

DEPUTADO TADEUZINHO PRESTA SOLIDARIEDADE ÀS VÍTIMAS DE BRUMADINHO E ESCLARECE SOBRE LEI AMBIENTAL QUE AINDA NÃO FOI VOTADA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE MINAS GERAIS




Em nota divulgada na manhã deste domingo, dia 27 de janeiro de 2019, o deputado estadual Tadeu Martins Leite, o Tadeuzinho, manifesta a sua solidariedade às vítimas do rompimento da barragem de rejeito em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, nessa sexta-feira, dia 25 de janeiro.
“A verdade é que este episódio, assim como o de Mariana, é o preço que estamos pagando por graves omissões de 20, 30 e até 40 anos atrás...”, expressou o deputado na nota.
Tadeuzinho prossegue na nota dizendo “Mais uma vez, reitero meus mais profundos sentimentos às famílias atingidas e espero, após votarmos esta nova legislação, nunca mais ver tragédias como estas que deixaram a todos nós mineiros consternados e enlutados. Exigimos RIGOROSA apuração dos fatos e PUNIÇÃO dos verdadeiros culpados”.
O deputado Tadeu Martins Leite, o Tadeuzinho, esclarece sobre a tramitação do Projeto de Lei 3676/2016 que ainda se encontra em análise e devendo ser votado pelos deputados estaduais ainda neste semestre. Tadeuzinho lamenta sobre a propagação na imprensa e nas redes sociais de informações, que segundo ele seriam incompletas, com relação ao referido projeto de lei.
Acompanhe a seguir a nota de pesa e de esclarecimento do deputado estadual Tadeu Martins Leite, o Tadeuzinho:


NOTA DE PESAR E ESCLARECIMENTOS

Há 3 anos acompanhávamos a tragédia da Samarco em Mariana.
Desta vez, infelizmente, estamos vendo mais uma enorme catástrofe: a da VALE em Brumadinho...
Antes de mais nada quero trazer minha SOLIDARIEDADE às vítimas e aos seus familiares, pedindo a DEUS que os conforte e lhes dê forças para suportarem tamanha dor...
Triste é ver que, mesmo com a grande comoção e revolta que tomaram conta de mim e de todo o país, para alguns, no meio de toda esta tragédia, ainda existe espaço para a POLITICAGEM e DEMAGOGIA!
E, exatamente por isso, me vejo no dever de fazer alguns esclarecimentos sobre as meias verdades que estão sendo divulgadas...
Primeiro, cabe informar que o projeto de lei 3676/16, elaborado pela comissão extraordinária de barragens da ALMG, com contribuições do Ministério Público, Secretaria de Meio Ambiente e outras entidades, trazendo regras muito mais rígidas para licenciamento e fiscalização das barragens em Minas CONTINUA TRAMITANDO na ALMG, inclusive já foi APROVADO em 1º turno. Ou seja, o projeto principal NÃO FOI REJEITADO!
Quem entende de processo legislativo sabe que projetos de lei, antes de chegarem à votação final, passam por comissões onde são aperfeiçoados e debatidos à exaustão pelos parlamentares...
As informações e vídeos que circulam omitem, propositalmente, este fato. Omitem também o fato de que o texto que não foi aprovado foi um substitutivo ao projeto principal em uma das comissões onde ele tramitou, que, no formato que estava, inviabilizaria a atividade mineraria em Minas, principal economia do nosso Estado.
Assim, o PL 3676/16 estará em breve, sendo votado em 2º turno em plenário, criando regras mais RÍGIDAS para fiscalização das mais de 300 barragens de rejeitos que continuam em funcionamento.
Importante, porém, dizer que este projeto que, se Deus quiser, será aprovado, criará um novo regramento para a fiscalização das barragens existentes e licenciamento de NOVAS barragens. Ou seja, mesmo se o projeto em trâmite já tivesse sido aprovado, em nada evitaria, INFELIZMENTE, a tragédia acontecida, pois a barragem rompida já estava há mais de 3 anos desativada...
A verdade é que este episódio, assim como o de Mariana, é o preço que estamos pagando por graves omissões de 20, 30 e até 40 anos atrás...
Mais uma vez, reitero meus mais profundos sentimentos às famílias atingidas e espero, após votarmos esta nova legislação, nunca mais ver tragédias como estas que deixaram a todos nós mineiros consternados e enlutados. Exigimos RIGOROSA apuração dos fatos e PUNIÇÃO dos verdadeiros culpados.
Me coloco à disposição para quaisquer novos esclarecimentos.

“Que a demagogia de alguns não prevaleça sobre o sofrimento de muitos”.
#ForçaBrumadinho #ForçaMG

                        Tadeu Martins Leite

ENCONTRADOS 34 CORPOS DE VÍTIMAS DO ROMPIMENTO DE BARRAGEM DE REJEITO EM BRUMADINHO; RESGATADAS 366 PESSOAS E AINDA HÁ DESAPARECIDOS; HÁ RISCO DE ROMPIMENTO DE OUTRA BARRAGEM EM BRUDAMDINHO

Fotos CB e Gladyston Rodrigues do EM
No primeiro plano, a barragem de água que está sendo monitorada, e ao fundo o cenário após o rompimento da barragem de rejeito.

Consequências do rompimento da barragem de rejeito em Brumadinho.



BRUMADINHO (por Renan Damasceno e Gabriel Ronan) – Um susto logo no início da manhã deste domingo, dia 27 de janeiro. Por volta das 5h30, o Corpo de Bombeiros expediu alerta de emergência, por meio de sirenes, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. O aviso dizia respeito à possibilidade iminente de rompimento da barragem B6, que contém água e é monitorada pelas autoridades desde a tragédia da última sexta-feira.
Consequências do rompimento da barragem de rejeito em Brumadinho.



As buscas pelos desaparecidos foram interrompidas nesta manhã, devido ao risco. Segundo a instituição, 366 pessoas foram resgatadas, sendo 221 funcionários da Vale e 145 terceirizados, e destes 23 estão hospitalizados. Na última atualização de vítimas, divulgada pelo Corpo de Bombeiros, durante a tarde desse sábado, dia 26, o número de mortos já era 34.




O tenente Pedro Aihara, porta voz do Corpo de Bombeiros, confirmou que a possibilidade de rompimento é real e que o plano de ação de emergência foi acionado. Todo o efetivo se volta à evacuação dos moradores da área de risco. Preocupação de momento é com a região do Parque da Cachoeira, onde existem cerca de 25 casas.
A corporação retirou moradores, que estavam na zona de risco, de suas casas e os levou para pontos mais altos da cidade. Desde esse sábado, houve um bombeamento da água da barragem na tentativa de esvaziá-la.






"Atenção, esta é uma situação real de emergência de rompimento de barragem. Abandonem imediatamente suas residências", dizia o aviso. Imediatamente, as comunidades foram levadas para locais de segurança - determinados de acordo com o plano de emergência elaborado previamente.
Aeronaves dos bombeiros estão de prontidão para atender à população.  Até o momento, as comunidades evacuadas são dos vilarejos Tejuco e Córrego do Feijão, segundo os bombeiros.
De acordo com o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros, o risco de rompimento continua. A evacuação acontece sem maiores problemas, segundo ele. (Fonte: Jornal Estado de Minas e Portal Uai)

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

ROMPIMENTO DE BARRAGEM DE REJEITOS EM BRUMADINHO, NA GRANDE BH, MOBILIZA BOMBEIROS: CB CONFIRMA O DESAPARECIMENTO DE 200 PESSOAS;

BELO HORIZONTE (Cristiane Silva, Mateus Parreiras, Júnia Oliveira e Gustavo Werneck) - Equipes do Corpo de Bombeiros estão mobilizadas para atender a ocorrência do rompimento de uma barragem em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A informação foi divulgada no início da tarde desta sexta-feira. Segundo as primeiras informações do Corpo de Bombeiros de Contagem, que atende o município, há vítimas e várias viaturas estão a caminho do local, além de um helicóptero.
A barragem que rompeu seria a de Mina do Feijão, que pertence à Vale. Ainda segundo informações do Corpo de Bombeiros, a mineradora informou que apenas a área interna foi atingida.
Uma jovem moradora de Nova Lima, e 17 anos, informou que o pai dela "escapou de morrer" no rompimento da barragem em Brumadinho. "Agora estamos tranquilos porque meu pai entrou em contato com a minha mãe e disse que está tudo bem", informou a adolescente. "Ela informou que o pai trabalha há muitos anos na mina como técnico, mas ela não soube dar mais detalhes sobre vítimas.
Moradora do Bairro Araguaia, na Região do Barreiro, Marta Amorim tem familiares na região atingida e está a caminho para ajudá-los. " Minhas irmãs já saíram de casa, pegaram as roupas e os documentos só e saíram. Agora que eu estou indo pra lá, mas dizem que não estão deixando ninguém entrar na cidade não. Mas agora que eu estou indo, vou passar por uma outra estrada de terra, aí que vou chegar lá, mas minhas irmãs já estão na roça, graças a Deus”, disse.
Em nota, a Vale confirmou o rompimento da barragem. Há indicações de que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Os assessores informam que ainda não há confirmação sobre feridos no local. A Vale acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o seu Plano de Atendimento a Emergências para Barragens. “A prioridade total da Vale, neste momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade”, acrescentam.
A Prefeitura de Juatuba, cidade vizinha de Brumadinho, também emitiu um alerta na tarde desta sexta-feira. A administração direcionou o aviso aos moradores do Bairro Francelinos, que beira o Rio Paraopeba. A Defesa Civil de Juatuba e o Conselho Municipal De Desenvolvimento Ambiental (Codema) está no local solicitando a retirada e máxima atenção da população, pois ainda não se sabe a gravidade do desastre.
A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) enviou na tarde desta sexta-feira, a Brumadinho, na Grande BH, uma equipe com quatro pessoas que vão fazer levantamento sobre o licenciamento ambiental e tomar outras providências após o rompimento da Barragem Córrego dos Feijões, da mineradora Vale.
A equipe inclui dos técnicos do Núcleo de Emergências Ambientais e mais duas da Fundação Estação do Meio Ambiente. (Fonte: Jornal Estado de Minas/Portal Uai)


Fotos e imagens rede social





























quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

REMOVIDO O POSTE QUE, EM TESE, ESTAVA QUASE NO MEIO DA RUA UBERLÂNDIA, EM PORTEIRINHA

  • Prefeitura havia solicitado à Cemig em julho de 2018 pela retirada do poste e teve que pagar quase R$ 5 mil por esse serviço 
  • Vereador disse que expressou pelas solicitações de moradores e condutores de veículos pelo bom fluxo de veículos e a segurança de todos 
Fotos divulgação
Rua Uberlândia na Vila Kennedy, em Porteirinha: com e sem o poste, em tese, quase no meio da rua.

PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Quem transitar pela rua Uberlândia, no bairro Vila Kennedy, não mais encontrará um poste de luz quase que, em tese, no meio da rua. Isso porque o problema foi resolvido pela Prefeitura de Porteirinha que solicitou a remoção desse poste junto à Cemig. A empresa deslocou o poste para a área de uma calçada, numa distância em torno de três metros onde encontrava.
Prefeitura fez o pedido pela remoção do poste em julho de 2018.

Conforme o site do jornalista Oliveira Júnior noticiou na segunda-feira, dia 21 de janeiro (confira AQUI ), a falta de alinhamento dos imóveis e da calçada em trecho da rua Uberlândia demonstrava que um poste da rede de energia elétrica estaria quase que no meio dessa via pública. Em ofício à prefeitura, no dia 18 deste mês, o vereador Jhonnattah Jhoseffer solicitava a solução desse impasse. Na sexta-feira, dia 18, o serviço de deslocamento do poste foi iniciado.
A Cemig respondeu com definição de normas, em agosto do ano passado.

Em nota ao site do jornalista Oliveira Júnior na tarde desta quarta-feira, dia 23, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Porteirinha informa que em 10 de junho de 2018 a administração havia solicitado junto à Cemig a retirada do poste que estaria na rua. Um mês depois, mais precisamente no dia 9 de agosto, a Cemig manifestou dizendo que a administração deveria arca com a participação financeira de quase R$ 5 mil, mais precisamente R$ 4.741,54.
Pagamento efetuado em setembro pela prefeitura pelo serviço de deslocamento do poste.
Ainda conforme a nota da assessoria de imprensa, a prefeitura realizou o pagamento em 20 de setembro do ano passado e ficou no aguardo da execução do serviço pela Cemig. Num documento da Cemig é expressado que o prazo para conclusão da obra/serviço seria de 90 (noventa) dias após a quitação de participação financeira do cliente. Sendo assim, como a prefeitura pagou em 20 de setembro, a obra/serviço deveria ser concluída, em tese, no dia 20 de dezembro.
Ofício do vereador Jhonnattah Jhoseffer diante do fato de que, ainda na segunda quinzena de janeiro de 2019, o poste não havia sido deslocado.

No entanto, somente no dia 18 de janeiro deste ano, ou seja, um mês depois do prazo estipulado em documento da própria Cemig, é que a remoção do poste aconteceu. Nesse período, a prefeitura pavimentou o referido trecho da rua Uberlândia e aguardou o cumprimento da parte da empresa responsável pelo serviço de energia elétrica neste município.
O vereador Jhonnattah Jhoseffer agradeceu a Secretaria de Obras da Prefeitura de Porteirinha e a Cemig pela compreensão quanto à necessidade da resolução do impasse em trecho da rua Uberlândia. No ofício o vereador disse que expressou pelas solicitações de moradores e condutores de veículos visando resguardar o bom fluxo de veículos e a segurança de todos.

ATRAVÉS DA DEPUTADA FEDERAL RAQUEL MUNIZ, PREFEITO EDMÁRCIO LEAL CONSEGUE UM TRATOR, UMA CAÇAMBA E TUBOS PARA ATENDER AS COMUNIDADES DE MATIAS CARDOSO

Foto divulgação
Prefeito Edmárcio Leal, superintendente da Codevasf Rodrigo Rodrigues e o assessor parlamentar Bruno Paulino, representando a deputada federal Raquel Muniz.

MATIAS CARDOSO (por Oliveira Júnior) – O prefeito Edmárcio Moura Leal obteve nesta quarta-feira, dia 23 de janeiro, importantes conquistas para o município de Matias Cardoso. Isso tem sido possível diante do comprometimento da deputada federal Raquel Muniz em atender os pedidos do prefeito e das comunidades deste município. Vários têm sido os benefícios para Matias Cardoso por intermédio do empenho da deputada federal Raquel Muniz.
Na manhã de hoje, dia 23, o prefeito Edmárcio Leal assinou os documentos que oficializam a entrega de um trator, de uma caçamba e tubos para a prefeitura e comunidades matienses. O termo de doação foi assinado conjuntamente pelo prefeito Edmárcio Leal, por Bruno Paulino, assessor parlamentar da deputada Raquel Muniz e pelo superintendente da Codevasf em Minas, Aldimar Rodrigues Filho, o Rodrigo Rodrigues.
Em viagem fora de Minas Gerais, a deputada Raquel Muniz utilizou emendas parlamentares para atender as demandas de Matias Cardoso, sobretudo na assistência aos produtores rurais e as comunidades. O prefeito Edmárcio Leal ressaltou a atenção que Raquel Muniz tem dado ao município, por exemplo, o trator será destinado para a comunidade Pau Preto. Os tubos de pvc serão utilizados para a distribuição de água para as famílias de agricultores.
“Estamos muito agradecidos diante da atuação da deputada federal Raquel Muniz e da sua assessoria pelo carinho e destinação de benefícios para o nosso município”, declarou o prefeito de Matias Cardoso que esteve nesta quarta-feira, 23, na Codevasf, órgão do governo federal através do qual o município receberá o trator, tubos e a caçamba. 

PM APREENDE DOIS GAROTOS QUE ESTAVAM ARMADOS E ANDAVAM NA MADRUGADA COM TOUCA E MÁSCARA

Fotos PM
Armas, touca e máscara que estavam com os garotos na madrugada desta quarta-feira, 23 de janeiro de 2019, na cidade de Matias Cardoso.

MATIAS CARDOSO (por Oliveira Júnior) – Dois garotos, um de 15 e outro de 16 anos, foram apreendidos na madrugada desta quarta-feira, dia 23 de janeiro, em atitude suspeita andando de bicicleta pela cidade de Matias Cardoso, na região da Serra Geral, no Norte de Minas. A polícia Militar apreendeu uma arma com esses adolescentes.
No policiamento ostensivo pela cidade, os militares depararam com os menores. Na abordagem, a equipe da PM encontrou uma garrucha, uma faca e uma lâmina de faca. Ainda com os dois garotos os militares encontraram objetos uma touca ninja e uma máscara, objetos típicos para evitar a identificação geralmente usados em casos de crimes. 
Fotos PM
Revólver e munições apreendidas pela PM na cidade de Espinosa no dia 22 de janeiro de 2019.

REVÓLVER EM ESPINOSA
Na noite de ontem, terça-feira, dia 22 de janeiro, uma equipe da Companhia da Polícia Militar de Espinosa apreendeu uma arma durante policiamento ostensivo pela cidade de Espinosa, na região da Serra Geral, no Norte de Minas.
Os militares suspeitaram de uma movimentação estranha e ao aproximar do local notaram que um homem saiu correndo. Os policiais foram atrás, mas não conseguiram alcançá-lo. Ao vasculhar o ambiente onde o fugitivo estava, a PM encontrou e apreendeu um revólver caibre 22 carregado com seis munições intactas e uma utilizada. Também houve a apreensão de um cigarro de maconha e objetos, dentre eles uma motocicleta, de procedência duvidosa.

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

PADRE FAZ ORAÇÕES PEDINDO CHUVAS PARA O NORTE DE MINAS

MONTES CLAROS (por Girleno Alencar) – O padre Valdomiro Soares Machado, mais conhecido como Frei Valdo, pároco da Catedral Metropolitana de Montes Claros, fez orações, na manhã desse domingo, dia 20 de janeiro, na missa celebrada às 7h da manhã para pedir chuvas no Norte de Minas e que aliviem o forte calor que tem castigado a região. O pároco pediu a Deus que fizesse jorrar as águas das chuvas no Norte de Minas, atendendo apelos do povo da região.
No dia 5 de fevereiro de 2015 e 26 de outubro de 2017, Frei Valdo coordenou procissões das chuvas pelas ruas centrais de Montes Claros, onde fieis descalços e carregando vasilhames de água, pediram a chegada imediata das chuvas. O ato terminou com a água sendo despejada no histórico Cruzeiro que fica de fronte a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a tradicional igrejinha dos catopés. (Fonte: Gazeta Norte Mineira)

POLÍCIA MILITAR APREENDE ARMAS NA ZONA RURAL DE JAÍBA E DE JANAÚBA

Fotos PM
Espingarda apreendida pela PM no distrito de Vila Nova dos Poções, em Janaúba, no dia 21 de janeiro de 2019.


JAÍBA (por Oliveira Júnior) – Pelo menos mais duas armas foram apreendidas pela Polícia Militar na região da Serra Geral de Minas, este mês, diante da posse ilegal. Essa ação dos militares foi nos municípios de Jaíba e de Janaúba, ontem, segunda-feira, dia 21 de janeiro.
Fotos PM
Arma apreendida pela PM no Projeto Jaíba, em Jaíba, no dia 21 de janeiro de 2019.

Durante policiamento ostensivo no projeto Jaíba, na noite dessa segunda-feira, os militares depararam com um homem em atitude suspeita na estrada de acesso ao conhecido sistema 4. Ao perceber a aproximação dos policiais, o suspeito fugiu. Na fuga, ele jogou um objeto no mato. A equipe da PM apreendeu esse objeto que se tratava de uma espingarda.
VILA NOVA DOS POÇÕES

No município de Janaúba, os militares apreenderam uma espingarda debaixo da cama de um jovem de 18 anos. Ele fugiu. Isso foi na tarde de ontem, segunda-feira, dia 21 de janeiro, no distrito de Vila Nova dos Poções. Os policiais tomaram conhecimento de que o jovem andava armado. A arma foi apreendida pela PM na casa do suspeito.

POR FALTA DE ALINHAMENTO EM CALÇADA, POSTE DE LUZ FICA QUASE NO MEIO DA RUA EM PORTEIRINHA: VEREADOR JHONNATTAH PEDE PELA SOLUÇÃO DESSE IMPASSE

Foto divulgação
Encurtamento da calçada de um imóvel fez com que o poste de luz “ficasse” quase que no meio da rua Uberlândia, em Porteirinha.

PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – “No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho”, escreveu Carlos Drummond de Andrade. Com base nessa escrita do poeta mineiro é que o vereador Jhonnattah Jhoseffer solicita a resolução de um impasse numa rua na cidade de Porteirinha.
De acordo com o vereador Jhonnattah Jhoseffer é preciso sanar um problema em via pública desta cidade situada na região da Serra Geral, no Norte de Minas. O parlamentar municipal reivindica a imediata desobstrução parcial da rua Uberlândia, bairro Vila Kennedy.
O argumento de Jhonnattah Jhoseffer é que, com a falta de alinhamento dos imóveis e da calça, um poste da rede de energia elétrica ficou quase que no meio dessa rua. O vereador solicitou ao prefeito Silvanei Batista que faça gestão junto à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos para evitar dessa discordância no alinhamento em vias públicas, e também perante à Cemig, concessionária responsável pelo serviço de energia elétrica neste município, para a regularização desse poste e com isso deixar a rua Uberlândia, em Porteirinha, livre para o trânsito de veículos.

GOVERNADOR ZEMA MANTÉM VERACI DE SOUZA JÁCOME NO COMANDO DA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE JANAÚBA

Foto Oliveira Júnior
Veraci de Souza Jácome permanece na Superintendência Regional de Ensino de Janaúba, na região da Serra Geral de Minas.

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O governador Romeu Zema mantém a educadora Veraci de Souza Jácome na direção da Superintendência Regional de Ensino de Janaúba. Em ato publicado no “Minas Gerais”, o Diário Oficial do Estado, na última quarta-feira, dia 16 de janeiro, o governador Romeu Zema reconduziu Veraci de Souza ao cargo de superintendente regional de Ensino de Janaúba com abrangência nos municípios da região da Serra Geral de Minas.
Veraci de Souza Jácome coordenou os trabalhos da superintendência nos últimos quatro anos e a sua permanência na função é a demonstração de que muito bem tem sido a representante da secretaria estadual de Educação na região de Janaúba.
A decisão do governador mineiro em permanecer com Veraci de Souza Jácome como superintendente regional de Ensino de Janaúba foi baseada em critérios técnicos específicos, na competência gerencial e conhecimento técnico da rede de Ensino.
Além de Veraci de Souza, em Janaúba, o governador manteve a educadora Stela Abreu no comando da Superintendência Regional de Ensino de Januária. 

INAUGURADO O CEMITÉRIO NA CIDADE DE CATUTI, NA REGIÃO DA SERRA GERAL DE MINAS


Fotos divulgação
Momento da inauguração do cemitério na cidade de Catuti.

A benção no local foi feita pelo padre Eliezer da Fonseca.



CATUTI (por Oliveira Júnior) – No último dia de 2018 a cidade de Catuti foi contemplada com inauguração. Isso porque momento antes da virada do ano foi oficialmente inaugurado o cemitério. O ato solene contou com as presenças do prefeito José Barbosa, o Zinga, a vice-prefeita Dedi Barbosa, secretários e funcionários municipais e outras autoridades.
Entrada do cemitério da cidade de Catuti.

O Padre Eliezer da Fonseca foi conceder a benção ao novo cemitério de Catuti, construído pela prefeitura com recursos próprios. O prefeito Zinga informou que o local foi adequado para o cemitério através do serviço executado por pedreiros do município.
Prefeito José Barbosa, o Zinga, e o Padre Eliezer da Fonseca, no ato de inauguração do cemitério de Catuti.

O cemitério fica no perímetro urbano, na margem da estrada na saída de Catuti para Gameleiras, na região da Serra Geral, no Norte de Minas.

ENTRADA DE ALIMENTOS E BEBIDAS PROIBIDA EM CACHOEIRA DO PARQUE DE SERRA NOVA E TALHADO, EM PORTEIRINHA

Foto divulgação
Cachoeira do Serrado, em Porteirinha, faz parte do Parque Estadual de Serra Nova e Talhado.

PORTEIRINHA (por Juliana Peixoto) – Desde o último sábado, dia 19, os visitantes que forem à Cachoeira do Serrado, no Parque Estadual de Serra Nova e Talhado, em Porteirinha, não poderão entrar com alimentos e bebidas. A medida está baseada na lei de preservação ambiental.
"Infelizmente, por mais que haja orientação quanto aos resíduos, a população não coopera e ainda lidamos com lixos descartados de forma incorreta. Além da poluição visual, estamos sujeitos à contaminação da água e solo", explicou o gerente do parque ao G1, Plínio Santos de Oliveira.
Atualmente, seis funcionários fazem a limpeza da região da cachoeira, em turnos. "O problema não é a quantidade de visitantes, mas o reflexo disso sem o controle do lixo. Nossos funcionários encontram restos de lanches e refeições, garrafas de vidros e plástico, latas e até fraldas já foram recolhidas", reforçou.
Segundo a direção do parque, no entorno do parque funcionam dois restaurantes, que ficam distantes menos de dois quilômetros da cachoeira, na Comunidade do Serrado. (Fonte: G1 Grande Minas, mais informações no link  https://g1.globo.com/mg/grande-minas/noticia/2019/01/17/entrada-de-alimentos-e-bebidas-sera-proibida-no-parque-de-serra-nova-e-talhado-em-porteirinha-a-partir-deste-sabado-19.ghtml )

NOTA MIL NA REDAÇÃO DO ENEM, ALUNO DE JANAÚBA FORMOU 'COLETÂNEA DE DADOS SOCIOCULTURAIS NA CABEÇA’ PARA FAZER A PROVA

JANAÚBA (por Juliana Gorayeb) – O estudante norte-mineiro André Bahia Pereira, de 18 anos, conseguiu alcançar nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O jovem morador de Janaúba é um membro do seleto grupo de 55 candidatos que conquistaram o feito, entre quatro milhões de textos corrigidos. Ele relaciona o resultado à boa formação que recebeu desde criança.
Foto álbum pessoal
André Bahia estudava uma média de cinco horas por dia, além do tempo que ficava na escola.

Ao G1, André Bahia disse que listou citações e dados que pretendia inserir na redação em uma folha separada. Segundo ele, foram estas informações as peças-chave para que conseguisse tirar nota total. Ele procurou reunir na mente estatísticas e citações sobre temas variados, que ele chama de “coletânea de dados socioculturais”.
“O Enem cobra em um dia 90 questões e uma redação. Se eu fizesse o rascunho e para depois copiar tudo de novo não daria tempo de eliminar as provas objetivas. Com muito treino, consegui sentir segurança para escrever direto à caneta. Escrevia só esqueleto antes, com isso meu texto ficou padronizado. Com a prática, já defini quais conjunções uso em cada parágrafo e como desenvolver. Listar conjunções é uma boa dica, além de formar na mente uma coletânea de dados socioculturais, que reúne citações de filósofos, citações de cientistas, estatísticas. Para qualquer tema cobrado, tenho pelo menos duas opções”, explica.
A mãe do jovem e diretora da escola onde ele estudou, Elisabeth Cristina Bahia, conta que o coração fica a mil por saber que o filho dela está entre os 55 melhores do Brasil.
“André começou a se preparar no ensino fundamental. Já no ano passado ele prestou a prova como treinante e havia tirado 960 na redação”, relembra a professora de redação e jornalista Camila Guimarães.
“Não treinar só escrita, mas conhecimentos gerais. Fizemos treinamentos de redações em sala com tempo cronometrado, atividades extraclasse para estimular a turma. Além do André que tirou nota mil, tem vários outros que tiraram 960, então foi uma média muito boa”, comenta a professora e jornalista Camila Guimarães. (Fonte: G1 Grande Minas, reportagem completa no link https://g1.globo.com/mg/grande-minas/noticia/2019/01/18/nota-mil-na-redacao-do-enem-aluno-de-janauba-formou-coletanea-de-dados-socioculturais-na-cabeca-para-fazer-a-prova.ghtml)

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

TREMOR DE TERRA É REGISTRADO EM BONITO DE MINAS, NO NORTE DE MINAS; COBERTURA DE CURRAL É DERRUBADA

BONITO DE MINAS (por Luiz Ribeiro) – A terra tremeu em Bonito de Minas, no Norte de Minas, nesta segunda-feira, dia 21 de janeiro, assustando os moradores do município, que tem em torno de 11 mil habitantes. Moradores ficaram mais amedrontados em localidades rurais do município, onde o impacto do abalo sísmico foi mais forte. Em uma fazenda, o tremor derrubou a cobertura de uma casa de curral, mas sem deixar vítimas ou ferir os animais, segundo o dono da propriedade. De acordo com os registros do Observatório Sismológico (Obsis) da Universidade de Brasília (UnB), o tremor foi de 2,59 na Escala Richter.
Segundo o prefeito de Bonito de Minas, José Pedro Dias da Rocha (PSB), o Zé Galego, o abalo sísmico foi sentido pelos moradores pouco depois das 7h desta segunda-feira. “Primeiro, as pessoas ouviram um grande estrondo, que parecia o barulho de um avião. Depois, a terra tremeu durante cerca de oito a 10 segundos”, afirmou Zé Galego.
Ele disse que os moradores sentiram janelas balançarem. Ainda de acordo com o chefe do executivo, ninguém se feriu e não houve maiores danos materiais. “Mas, em algumas casas ocorreram rachaduras no forro de gesso”, relatou o prefeito. “Na verdade, o povo ficou assustado e o tremor virou o principal assunto na cidade porque nunca ocorreu isso antes”, comentou Galego.
O abalo sísmico deixou ainda mais assustados os moradores da zona rural do município. O produtor Rone Viana de Oliveira, que é ex-vereador na cidade, relata que, em decorrência do tremor, a cobertura da casa de curral da fazenda dele foi derrubada. A propriedade fica situada na localidade de Larguinha, a nove quilômetros área urbana.
Segundo Viana, o tremor de terra amedrontou os pequenos agricultores de outras localidades rurais de Bonito de Minas, como Borrachudo e Vargem Danta. “Primeiro, teve um barulho parecendo um forte trovão. Depois, a terra começou a tremer. Houve muito susto mesmo. O pessoal ficou horrorizado”, disse o produtor rural.
Bonito de Minas tem um Índice de Desenvolvimento Humano de 0,537, ocupando a antepenúltima posição no ranking do IDH no estado. Atualmente, a população sofre com a falta de chuvas e o sol forte do “veranico” de janeiro, que destruiu mais de 80% das lavouras de milho e feijão, além de dizimar as pastagens, de acordo com informações nas prefeituras.
Tremor sentido em outras localidades
Por meio de nota a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) divulgou que a estação sismográfica mantida pela instituição em parceria com o Governo do Estado registrou um tremor de 2.8 pontos na Escala Richter, na manhã desta segunda-feira, dia 21, com epicentro em Pandeiros (distrito de Januária), perto de Bonito de Minas.
De acordo com os registros da Unimontes, os efeitos do abalo sísmico foram sentidos em Bonito de Minas e localidades de municípios como Cônego Marinho. Ainda segundo a Unimontes, “para efeito de comparação e cálculo definitivo, os dados foram enviados para o Observatório Sismológico da UnB, em Brasília, maior referência do País em estudos de abalos de terra”. (Fonte: jornal Estado de Minas e Uai)

HOMEM QUE AMEAÇAVA COMPANHEIRA COM ARMA DE FOGO É MORTO PELA PM EM JAÍBA, EM TROCA DE TIROS COM OS POLICIAIS

  • Autor teria agredido a filha do casal de quatro anos e atirado contra militares; crime foi no Povoado Poço da Vovó 
JAÍBA – Um homem de 36 anos foi morto pela Polícia Militar depois de ameaçar a companheira com uma arma de fogo e atirar contra policiais na zona rural de Jaíba, na noite de ontem, domingo, dia 20 de janeiro. De acordo com a PM, o pai da vítima acionou os militares por duas vezes informando que o homem estaria efetuando disparos de arma de fogo na fazenda da família, que fica no povoado Poço da Vovó. O homem teria ainda dado coronhadas na esposa e agredido a filha do casal, de quatro anos.
Na última ligação feita pelo pai da vítima, a PM foi informada de que o homem estava fazendo a mulher refém e atirando para amedrontá-la. Quando as viaturas chegaram ao local, a mulher correu por um matagal e conseguiu fugir. O homem começou a atirar contra os policiais, que revidaram; ele foi atingido com um tiro de fuzil no peito. A PM acredita que o autor não sabia que a polícia estava no local e que atirou por achar que parentes da mulher tentariam matá-lo.
A própria PM prestou socorro ao suspeito e o encaminhou ao hospital de Jaíba. O homem não resistiu aos ferimentos e chegou morto à unidade de saúde. O corpo foi encaminhado ao IML de Janaúba.
A arma calibre 38 que foi utilizada pelo homem foi apreendida. O autor já tinha passagens por homicídio e várias lesões corporais, de acordo com a polícia. A mulher e a filha do casal não precisaram ser levadas ao hospital. (Fonte: G1 Grande Minas)

VÍDEO SOBRE A REPRESENTATIVIDADE E REALIZAÇÕES DO SINDICATO RURAL DE JANAÚBA

VÍDEO SOBRE A REPRESENTATIVIDADE E REALIZAÇÕES DO SINDICATO RURAL DE JANAÚBA
Vídeo sobre as realizações e representatividade do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba, gestão do presidente José Aparecido Mendes.

34ª EXPÔJANAÚBA 2015 VÍDEO COM O RESUMO DO QUE ACONTECEU - 29 de maio a 7 de junho 2015

34ª EXPÔJANAÚBA: José Aparecido Mendes, presidente do Sindicato Rural de Janaúba

34ª EXPÔJANAÚBA: José Aparecido Mendes, presidente do Sindicato Rural de Janaúba
Pronunciamento de José Aparecido Mendes, presidente do Sindicato Rural de Janaúba, no encerramento da 34ª ExpôJanaúba, dia 7 de junho de 2015. Imagem do site do jornalista Oliveira Júnior

VÍDEO SOBRE A 33ª EXPÔJANAÚBA 2014

VÍDEO SOBRE A 33ª EXPÔJANAÚBA 2014
Vídeo referente à 33ª ExpôJanaúba realizada no período de 30 de maio a 8 de junho de 2014. Produção: Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba-MG.

34ª EXPÔJANAÚBA - Reportagem da InterTV Grande Minas/Globo

34ª EXPÔJANAÚBA - Reportagem da InterTV Grande Minas/Globo
InterTV Rural deste domingo, 24 de maio, aborda sobre a 34ª ExpôJanaúba, de 29 de maio a 7 de junho de 2015.

SINDICATO RURAL DE JANAÚBA COBRA APOIO DOS GOVERNOS

SINDICATO RURAL DE JANAÚBA COBRA APOIO DOS GOVERNOS
ZÉ APARECIDO PEDE AO SECRETÁRIO ESTADUAL PAULO GUEDES QUE SE EMPENHE JUNTO AOS GOVERNOS DE MINAS E FEDERAL PARA SOCORRER O NORTE DE MINAS, PRINCIPALMENTE À AGROPECUÁRIA

33ª EXPÔJANAÚBA 2014 - AGRADECIMENTO DE ZÉ APARECIDO, PRESIDENTE DO SINDICATO RURAL DE JANAÚBA

33ª EXPÔJANAÚBA 2014 - AGRADECIMENTO DE ZÉ APARECIDO, PRESIDENTE DO SINDICATO RURAL DE JANAÚBA
Produção da Assessoria de Imprensa e Marketing do Sindicato Rural de Janaúba. Montagem de Paulo Henrique Ribeiro. Áudio do Stúdio Fábrica do Áudio.

VÍDEO ENCERRAMENTO DA 33ª EXPÔJANAÚBA 2014

VÍDEO ENCERRAMENTO DA 33ª EXPÔJANAÚBA 2014
Pronunciamento de José Aparecido Mendes, presidente do Sindicato Rural de Janaúba, no término da 33ª ExpôJanaúba, no dia 8 de junho de 2014. Filmagem de OLiveira Júnior, Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba-MG

VÍDEO DA 32ª EXPÔJANAÚBA – de 30 de maio a 9 de junho de 2013

VÍDEO DA 32ª EXPÔJANAÚBA – de 30 de maio a 9 de junho de 2013
Acompanhe uma síntese do que aconteceu na 32ª ExpôJanaúba – Exposição Agropecuária Regional de Janaúba – ocorrida entre os dias 30 de maio e 9 de junho de 2013 numa realização do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba. Vídeo produzido pela Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba-MG.

VÍDEO DA 31ª EXPÔJANAÚBA 2012

VÍDEO DA 31ª EXPÔJANAÚBA 2012
Vídeo da 31ª ExpôJanaúba, realizada de 1º a 10 de junho de 2012. Produzido pela assessoria do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba.

33ª EXPÔJANAÚBA - SINDICATO RURAL DE JANAÚBA

33ª EXPÔJANAÚBA - SINDICATO RURAL DE JANAÚBA
33ª ExpôJanaúba, realização da diretoria 2013-2015, presidente José Aparecido Mendes Santos

VÍDEO DA 34ª EXPÔJANAÚBA 2015 - Realização do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba

EM DEFESA DA ÁGUA - dupla Kaio Marques e Nataly

DESFILE CÍVICO JANAÚBA 2013 POLÍCIA MILITAR

DESFILE CÍVICO JANAÚBA 2013 POLÍCIA MILITAR
Desfile cívico realizado em Janaúba-MG com a participação do 51º Batalhão da Polícia Militar de Janaúba, dia 7 de setembro de 2013, na avenida do Comércio.

DESFILE CÍVICO JANAÚBA 2013 CORPO DE BOMBEIROS

DESFILE CÍVICO JANAÚBA 2013 CORPO DE BOMBEIROS
Desfile cívico realizado em Janaúba-MG com a participação do 6º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Janaúba, dia 7 de setembro de 2013, na avenida do Comércio.

DESFILE CÍVICO JANAÚBA 2013 GUARDA MIRIM VETERANOS

DESFILE CÍVICO JANAÚBA 2013 GUARDA MIRIM VETERANOS
Desfile cívico realizado em Janaúba-MG com a participação dos veteranos da Guarda Mirim de Janaúba, dia 7 de setembro de 2013, na avenida do Comércio.

FANFARRA DA ESCOLA ESTADUAL RÔMULO SALES AZEVEDO DESFILE 2014

FANFARRA DA ESCOLA ESTADUAL RÔMULO SALES AZEVEDO DESFILE 2014
Apresentação da fanfarra da Escola Estadual Rômulo Sales de Azevedo, de Janaúba, no desfile cívico de 7 de setembro de 2014. Imagem do site do jornalista Oliveira Júnior.

34ª EXPÔJANAÚBA 2015: Huarrisson Antunes, o Bionicão, encerramento

34ª EXPÔJANAÚBA 2015: Huarrisson Antunes, o Bionicão, encerramento
34ª ExpôJanaúba: pronunciamento do vice-presidente do Sindicato Rural de Janaúba, Huarrisson Antunes Cangussu, o Bionicão, dia 07 de junho de 2015. Imagem do site do jornalista Oliveira Júnior

34ª EXPÔJANAÚBA 2015 Dimas Rodrigues, superintendente da Codevasf, encerramento.

34ª EXPÔJANAÚBA 2015 Dimas Rodrigues, superintendente da Codevasf, encerramento.
Encerramento da 34ª ExpôJanaúba. pronunciamento do superintendente da Codevasf em Minas, Dimas Rodrigues. Imagem do site do jornalista Oliveira Júnior

ELEIÇÃO 2016: PMDB E PT DEVEM FICAR JUNTOS NA ELEIÇÃO PARA PREFEITO DE JANAÚBA

ELEIÇÃO 2016: PMDB E PT DEVEM FICAR JUNTOS NA ELEIÇÃO PARA PREFEITO DE JANAÚBA
Os ex-prefeitos José Benedito, do PT, e Dimas Rodrigues, do PMDB, e o deputado e secretário estadual Paulo Guedes, do PT.